Staking, a versão cripto da poupança ou CDB (quase)3 min leitura

Aposta da Empiricus, para divulgar finanças pessoais desde junho, Dan Stulbach, o ator global, é o mais novo “garoto propaganda” do Staking.

Matéria na Exame Invest e outras circulando na mídia de investimento/cripto dão conta de que o carismático ator é um investidor em criptmoedas e na prática de Staking.

“Grossus modus” Staking pode ser definido como um tipo de poupança ou CDB em criptmoedas, que rende criptmoedas ao longo de um tempo em que elas permanecem “paradas” em uma conta utilizada para prover liquidez à operações de finanças descentralizadas.

Diferente das aplicações citadas na analogia, o investimento apesar de oferecer uma “renda fixa” na mesma moeda investida, há que se destacar que as moedas em si são renda variável, ou seja, o preço em reais do principal e da remuneração podem cair vertiginosamente por conta da volatilidade normal do mercado cripto, além da falta de regulação garantidora. Por outro lado, a remuneração de aplicação em termos percentuais é muitíssimo maior, e conta com a vantagem do próprio ativo também poder ter alta valorização ao longo do tempo em Staking, ou seja, altíssimos ganhos práticos se comparado com a renda fixa tradicional.

O anunciado na imagem abaixo é considerado uma rentabilidade “fora da curva e excelente” no sistema financeiro tradicional, mas no mercado cripto isso pode ser visto como “pífio”, é rendimento que se pode obter em horas ou dia, considerando apenas a simples possibilidade de ganho com a flutuação dos preços para cima, o que não é “coisa certa”.

divulgação

Quando falamos de Staking, diferente do simples ganho por flutuação, temos uma oferta de “rendimento fixo” como o CDB, e essa taxa de 14% não tem nada de “fora da curva” pode ser considerada uma APY ( Annual Percentage Yield) “mediana” no mercado Staking, onde se encontra a depender do ativo APYs de 30,40,60,75%… ou até (essa sim “fora da curva”) como a anunciada na imagem abaixo…

divulgação binance

Dá para minimamente comparar com o “CDB turbo” de 14% ???, creio que não…

Além da óbvia “superioridade” da renda passiva cripto, o que gera “sentimentos confusos” nos tradicionais, há uma certa reação desses investidores, que alegam muita diferença de risco entre o Staking e a renda fixa tradicional, nem sempre destacadas, mas também pelo papel do agora Dan “Staking” Stulbach, enquanto “arauto” da modalidade para o público mais geral e desconhecedor do mundo dos investimentos, pois populariza a modalidade de investimento.

Eu achei “legal” e você ?

Palavra de Lord !

Comente aí embaixo…

Com informações de exame invest

Gostou do conteúdo? Que bom. Curta, Compartilhe e se inscreva para ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *