Baby doge, soltaram os cachorrinhos…2 min leitura

Montagem LordcryptoBR

O pessoal mais ortodoxo não confia nem entende o motivo do sucesso de moedas meme. As baseadas em caninos refletem um sentimento presente na humanidade desde há muito, a afeição e simpatia pelo ” melhor amigo do homem”, e se são filhotes ainda mais.

Daí que o sucesso das meme, dispensam os complexos fundamentos racionais com que criptomoedas “utilitárias” são valoradas. O que as movem é inicialmente simpatia, depois os engajamentos dos “armys” (exércitos) como são chamados os “fãs” apoiadores/holders e por fim as ações práticas do marketing. No caso dos caninos, a destinação de recursos à causa animal e o ecossistema relacionado ao mercado PET.

Não à toa, “cachorrinhos fofos” tem trazido muitos novos investidores ao mercado cripto, que não chegam a ele como grande parte dos “criptófilos”, apenas atrás de lucros. Não é muito diferente do caso dos fan-tokens relacionados aos esportes, sobretudo o futebol, que tem um ecossistema econômico enorme.

A Baby Doge ultrapassou essa semana o 1,2 milhões de holders. Nada mau. E de quebra também a sua rival Shiba Inu (SHIBA) na briga pelo TOP 10. Ah! e ela subiu 200% nos últimos 30 dias.

Tweet do perfil da Baby Doge

Portanto caros “commoners” criptófilos, apesar das aparente “falta de fundamentos” nas moedas-memes há um mercado e ele está em óbvio hype/rally (em destaque e corrida de preços para cima). Seja simpatizante das fofuras de quatro patas ou alguém com puro olho nas oportunidades, cabe a atenção (e se for o caso) ação nesse momento…

Lembrando que isso não é recomendação, mas informação.

Palavra de Lord ! ?️

Gostou do conteúdo ? Comente aí em baixo e aproveite para assinar o site e receber as atualizações no seu email.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *