Hello Kitty vai ao metaverso, a coisa é séria…2 min leitura

montagem LordcryptoBR

Se você ainda tem dúvidas quanto ao potencial de oportunidades de negócios, lucro e relevância desse mercado, melhor repensar… . A globalmente famosa personagem com cara de gatinha lançada pela empresa japonesa Sanrio em 1974 e que figura entre as mais dominantes do mercado de licenciamento, depois de um tempo fora dos holofotes principais está voltando com tudo, e vai parar no metaverso.

A Sanrio é uma empresa que apenas no último balanço anual (marco 2021) teve US$ 355 milhões (R$ 1,95 bilhão) em vendas no ano fiscal. Isto é, uma empresa que tem acertado desde 1964 quando foi fundada e hoje está sob comando do neto do fundador, um jovem de 33 anos e que está dando nova vida há 19 meses ao negócio que se expande. Metaverso é um espaço considerado estratégico pela empresa, assim como outras grandes, logo, o “cheiro do dinheiro” já foi sentido por quem está antenado.

Investir em coisas relacionadas ao metaverso é incontornável nessa nova economia digital, mesmo que ainda muito seja “smokeware” (“fumaça”, coisas não sólidas, ou seja, coisas que já se percebem mas “não se pega”, promessas) por outro lado muito já é palpável e movimenta fortunas.

Seja em ações, criptomoedas, terrenos, conhecimento e serviços que explorem ou ocorram no metaverso, com os cuidados de praxe em qualquer tipo de investimento é a “hora de beber água mais limpa” chegando primeiro.

Lembrando que tudo isso é informação, não recomendação.

Palavra de Lord !?️

Gostou do conteúdo ? Comente aí em baixo e aproveite para assinar nossa Newsletter e receber as atualizações no seu email.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *